(Des)confiança



(Des)confiança

Desenho sobre Fotografia
©Alexª 06



Confiança...
«(...) Há, nela, uma espécie de dádiva, de alimento oferecido e sorvido como mundo. Quem se alimenta não vê, até ver. Nada sabe, mais uma vez. Tudo espera, todas as vezes. Por isso, cada promessa é uma planície que oferecemos ao mundo, para fechá-lo como medo ou para expandi-lo como sonho. » Pedro Mendonça, in (In)totalidades
Enviar um comentário